1.5.11

Corre, Maria

          Hoje eu vou cantar só pras pessoas fracas que vagam pelo mundo derrotadas.


 Corre, Maria!
 Se joga no mar
 Se afoga no mar
 Me mata de dor
 Tortura esse amor.
 Não retorna enquanto não estiver satisfeita
 Saciada de vida.
 Destroi tudo que foi construido
 E no fim me faz um agrado
 Me bota ao teu lado
 Faz o que quiser
 Faz o que te der vontade
 Mas volta, no fim
 Depois de tudo
 Volta pra mim.....

Nenhum comentário:

Postar um comentário